Allamanda cathartica l. (Apocynacea) seeds induces changes on carbohydrates deposits of Bradybaena similaris (Férussac, 1821) (Mollusca, Bradybaenidae)

Danilo Lustrino, Vinícius Menezes Tunholi-Alves, Victor Menezes Tunholi, Elisabeth Cristina de Almeida Bessa, Jairo Pinheiro

Resumo


Sementes de Allamanda cathartica l. (Apocynacea) induzem alterações nos depósitos de carboidratos de Bradybaena similaris (Férussac, 1821) (Mollusca, Bradybaenidae). Bradybaena similaris (Mollusca, Gastropoda), é hospedeiro intermediário de parasitos e praga à agricultura. Recomendações da Organização Mundial da Saúde buscam por moluscicidas naturais, já que o controle de parasitos veiculados  por moluscos consiste primariamente no controle destes hospedeiros. O pó das sementes de Allamanda cathartica e infusões a frio feitas com este pó, por 12h e 24h foram usados para testar sua atividade moluscicida. Moluscos expostos a infusão de 24h apresentaram maior letalidade, no entanto, a exposição ao pó da semente modificou severamente o metabolismo de carboidratos. A concentração de glicogênio na massa cefalopodal do grupo exposto ao pó (3,554 ±0,307 mg de glicose/g de tecido, peso fresco) foi significantemente maior que o grupo controle (0,073 ± 0,038 mg de glicose/g de tecido, peso fresco), assim como, na glândula digestiva, relação semelhante foi observada na concentração de galactogênio na glândula de albúmen do grupo tratado com pó (14,788 ± 1, 211 mg de galactose/g de tecido, peso fresco) quando comparado com o grupo controle (0, 598 ± 0,52 mg de galactose/g de tecido, peso fresco), no entanto, o grupo submetido à  infusão de 12h (0,385 ± 0,067 mg de galactose/g de tecido, peso fresco) apresentou menor concentração de galactogênio do que controle.

Texto completo:

PDF