Influência de Furcraea foetida (L.) Haw. no comportamento de Subulina octona (Bruguière, 1789) (Mollusca, Subulinidae)

Carla Aparecida Azevedo do Nascimento, Antônio Marcos Oliveira Toledo, Paula Ferreira de Abreu

Resumo


A espécie Subulina octona é um molusco terrestre com ampla distribuição no continente Americano. É herbívoro, sendo encontrado em culturas agrícolas e jardins. Atua como hospedeiro intermediário de parasitos que acometem homens e animais, sendo considerado assim como uma praga de interesse médico veterinária e agrícola. O período de atividade é nos meses chuvosos e quentes, sendo seu comportamento com maior atividade no período noturno. Furcreae foetida é uma planta naturalizada que apresenta em seu metabolismo secundários saponinas esteroídicas que possuem atividade citotóxica seletiva. O uso de extrato vegetal tem sido motivo de pesquisas para o controle de moluscos pragas.  Com isso, o objetivo deste estudo foi avaliar a influência da seiva de F. foetida no repertório comportamental e no horário de atividade de S. octona. Através do esmagamento por compressão das folhas de F. foetida obteve-se a seiva que foi filtrada e diluída em água destilada nas concentrações de 0,5 e 5%. Para verificar os efeitos da seiva de F. foetida no comportamento de S. octona utilizou-se 90 moluscos que foram divididos em 3 gupos: 1 controle e 2 tratados (T1 e T2 - 0,5 e 5% respectivamente). O extrato da seiva de F. foetida apresentou atividade de repelência e alterou o comportamento de S.octona.A análise química da seiva da planta foi realizada a marcha fitoquímica proposta por Matos (1988). O comportamento dos moluscos foi avaliado por meio de observações diretas pelos métodos grupo focal e scan. Para analisar se houve diferença significativa entre o horário de atividade utilizou-se o teste de Kruskall-Wallis e a frequência dos atos comportamentais foram avaliados pelo teste de comparação de amostras pareadas de Mann-Whitney, ambos com intervalo de confiança de 95%. Cada grupo foi composto por 10 indivíduos com três repetições. Foi possível perceber que a seiva alterou a frequência de realização do comportamento agregativo e deslocamento vertical, evidenciando sua ação repelente para moluscos da espécie S. octona.

Texto completo:

PDF