Physiological indicators of animal welfare

Mônica Serra, Carla Patricia Bejo Wolkers, Elisabeth Criscuolo Urbinati

Resumo


A manutenção de um bem-estar bom em animais mantidos em cativeiro e fazendas depende da avaliação apropriada do bem-estar destes animais, de modo a evitar manejo inapropriado e manter condições que provêm bem-estar bom. O uso de indicadores fisiológicos é encorajado, uma vez que estes são métodos quantitativos e não subjetivos. Entretanto, o uso de ferramentas fisiológicas é difícil para a avaliação de bem-estar bom. Quando são utilizadas como indicadores de estresse e dor, é preciso ter cautela na interpretação dos resultados bem como utilizar uma avaliação multicritério. Essa revisão sintetiza as premissas, as aplicações e a complexidade do uso de indicadores fisiológicos na avaliação do bem-estar animal.


Texto completo:

PDF