Abundância sazonal e a composição da assembléia de peixes em duas praias estuarinas da Baía de Paranaguá, Paraná

Fabiana Cézar Felix, Henry Louis Spach, Carlos Werner Hackradt, Pietro Simon Moro, Daniel C. Rocha

Resumo


O objetivo do presente estudo foi a caracterização da ictiofauna de duas praias estuarinas da Baía do Paranaguá, PR. O maior número de espécies e indivíduos foi amostrado nos meses mais quentes, durante os quais a ocorrência de esporádica de
espécies visitantes foi maior. Poucas espécies estuarinas são consideradas residentes das quais Atherinella brasiliensis Quoy & Gaimard, 1824 e Sphoeroides testudineus Linnaeus, 1758 parecem utilizar a área como berçário. Os agregados de sardinhas e anchovas ocorreram ocasionalmente em determinadas estações dependendo da espécie, o que parece indicar um padrão de migração das áreas continentais para áreas estuarinas. Esses padrões comportamentais associados com o período reprodutivo e de alimentação sugerem um importante papel ecológico destas áreas durante o ciclo de vida de muitas espécies de peixes, principalmente quando ainda jovens.

Texto completo:

PDF